Mudanças no Google Ads em 2019

Total
1
Shares

No Google Marketing Live foram reveladas algumas mudanças no Google Ads para este ano de 2019. Neste artigo, irei falar sobre algumas delas. Aproveito o artigo também para falar de uma grande alteração mais recente, no Google Ads Editor.

Discovery Ads

Basicamente, um novo placement para anúncios do Google. Para ter anúncios no Google Discover feed será preciso criar uma campanha deste género, Discovery (ao estilo das campanhas de Gmail Ads ou Youtube Ads, que precisam ser em separado).

A testar, porém não me caíram os olhinhos por isto, sinceramente…

Gallery Ads

O Search Engine Land escreveu um artigo sobre as Gallery Ads. São uma espécie de sitelinks com imagens, que adicionamos aos anúncios quando exibidos no topo da pesquisa em mobile. Nos testes que têm feito, a Google diz que aumentam a taxa de interação em 25%. Parece-me super interessante. Abaixo tens um print de como se parecem:

Melhorias no Smart Bidding e Machine Learning

Em Google Ads, quando falamos em Smart Bidding falamos de lances automatizados e inteligentes, tal como o Target CPA, Target ROAS, Maximize Conversions ou Enhanced CPC. As alterações que aí vem neste sentido são:

  • Campaign-level conversion goals – otimizar bids ao nível das campanhas. Não percebi muito bem a novidade aqui, sendo que isto já dava para fazer e até fazer ajustes de bids cross-campaigns, pela biblioteca partilhada.
  • Conversion action sets – otimizar bids em diversas campanhas simultaneamente. Ou me engano ou também não há novidade aqui, no seguimento do ponto anterior.
  • Ajustes sazonais – possibilidade de fazer ajustes de bid sazonalmente. Por exemplo, dizer que nos próximos 30 dias quero ajustar as bids em 20%. Isto parece-me interessante quando precisamos fazer ajustes pontuais, por algum motivo, nas campanhas (reduzir volume de tráfego ou puxar tráfego), em épocas mais paradas ou em épocas em que necessitamos de mais leads/vendas.

Custom Audiences

Esta já havia sido anunciada. O google tinha as custom affinity audiences (ME-DO), e as custom intent (vão deixar saudades). Vão descontinuar ambas e as juntar nas custom audiences. As custom affinity eram conhecidas por serem demasiado amplas, com grande alcance mas pouco segmentado, portanto pouco sexy para advertisers mais exigentes. As custom intent, eram extremamente segmentadas e geravam resultados incríveis, porém eram pouco sexy para o Google, dado o facto de terem o alcance limitado. Portanto acabaram com ambas e lançaram as custom audiences.

Google Shopping com checkout próprio

O Google Shopping tornou-se mais apelativo para o consumidor. Pode comprar diretamente no Shopping, sem precisar de entrar no site do anunciante. Acredito que isto possa dar um boost nas taxas de conversão do Shopping, diminuindo a fricção de compra. Parece-me um movimento muito certeiro da Google e estou certo que será um win-win.

Extra Marketing Live:

Google Ads Editor

Neste ano de 2019, o Google deu um refresh ao seu AdWords Editor. Mudou-lhe (finalmente) o nome e agora é o Google Ads Editor. Não foi só o nome que mudou nem o design do software, aponto aqui outras vantagens:

  • Está mais rápido, trava menos, design mais limpo;
  • A feature que gostei mais foi a possibilidade de “puxar” estatísticas (quando online), sem necessidade de ir à plataforma web;
  • Possibilidade de juntar vários MCCs e fazer múltiplas edições;
  • Os responsive ads agora estão lá disponíveis.

Fontes usadas no artigo:

https://www.wordstream.com/blog/ws/2019/05/14/google-marketing-live

https://searchengineland.com/google-announces-new-discovery-ad-formats-for-mobile-search-and-native-placements-google-marketing-live-316926

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

twelve − 7 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

You May Also Like